sábado, 28 de agosto de 2010

Desatando a Humanidade



Se é possível construir um mundo novo e mais humano?!
Tá aí, boa pergunta... 


Pergunta essa que renderia várias páginas, com belas e inúmeras frases de otimismo. 
Mas, quer saber a verdade?! Quem é que sabe responder com franqueza
Até pode ser...
Possibilidades, mesmo, há muitas. Difícil é torná- las concretas, reais. Ainda mais com essa atmosfera de egoísmo e insensibilidade que enche as pessoas de individualismo e menosprezo pelo próximo.
Seria óbvio e previsível dizer que a construção de um mundo próspero depende das nossas crianças, da esperança, da confiança que depositamos nelas pra ver a humanidade melhorar; no entanto, seria uma tremenda duma hipocrisia afirmá- lo também. 
Como é que a gente pode atribuir tanta responsabilidade assim a elas, se nem mesmo conseguimos ensiná- las, dando um bom exemplo?!
Um mundo novo e mais humano é feito por "nós"! Basta tão somente aprender a desatá- los...


(Proposta de Redação da Prof° Adilina- aquela professora que eu mais brigava, pq todo texto virava crônica..rs - 20/ agosto/ 2008)
*Inspirado na frase: "O Brasil é feito por nós. Basta aprender a desatá- los." (Autor desconhecido - por mim, pelo menos... -.-')
Leia Mais ►

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Só desabafar...




Sempre curti escrever!
Mas, sempre que imaginei as pessoas lendo meus pensamentos,ficava em pânico. Talvez por achar que seria exposição demais da minha alma, talvez por insegurança, por vergonha, ou pelo simples fato de não querer divulgar para o externo o que há só em mim... A verdade é que, todas essas justificativas, são apenas argumentos comuns, idênticos entre si.
Eu queria mesmo era me esconder, me guardar... 
Mas, de tanto guardar, acumulei. E hoje,o peso é excessivo pra mim...
Quantas vezes gritei pra  dentro?! Tantas palavras que só os meus pensamentos ouviram... Tantas "eloquências mudas"...

Se eu conseguir colocar pra fora...
Se eu conseguir tirar de mim, um pouco que seja desse fardo...
Se eu conseguir apenas ser sincera comigo mesma...
Se eu puder somente...





                                                                   ...desabafar...





Leia Mais ►